Skip directly to content

Estoque Mínimo: Como Calcular?

24/09/2020

 

O estoque mínimo é uma  quantidade menor de produtos  que deve ter no estoque,

para cobrir qualquer imprevisto sobre os atrasos dos itens,garantindo o bom

funcionamento da demanda até o próximo pedido de compra com o fornecedor.

 

Para você fazer o cálculo do estoque mínimo, é só usar  a fórmula:

estoque mínimo= consumo médio diário x reposição.

 

O consumo médio equivale a quantas vezes esse produto foi vendido em seu

estabelecimento em um período (mês, semestre,ano).  Como nessa fórmula:

Média diária = Total de vendas de um período/ período

Você escolhe o período que deseja saber de sua média diária.

 

reposição é quantas vezes você precisa comprar um produto do fornecedor,

dependendo da sua demanda ( diária,semanal, mensal e anual).

 

 Mas para fazer a avaliação, você precisa  saber a média de produtos vendidos

por mês e o prazo de entrega do fornecedor.

 

É importante saber calcular o estoque mínimo para não errar na hora de pedir os seus

 

produtos para o seu fornecedor, gerindo bem o seu controle de estoque e tendo uma boa

 

gestão financeira,para não comprar produtos a mais. Porque produto parado é perda de

 

dinheiro e você não quer isso, não é?

 

Quer saber mais sobre estoque mínimo, como calcular e usar na sua empresa?

 

Nos acompanhe nesse artigo até o final.

 

 

     

 

    O que é estoque mínimo?

 

O estoque mínimo nada mais é, do que aquele estoque que você tem para

 

cobrir a demanda de sua empresa até fazer o próximo pedido com o seu fornecedor.

 

 

Na teoria, se a sua empresa alcançar a quantidade de estoque mínimo, é preciso

 

urgentemente fazer o novo pedido para abastecer o seu estoque.Pois isso sugere que

 

você tenha a quantidade suficiente de produtos para a demanda até fazer a solicitação

 

de novos pedidos para o fornecedor.

 

Porque se você não fazer novos pedidos enquanto tiver a demanda, o risco de não ter

 

produtos futuramente será maior e consequentemente os seus clientes procurarão

 

outro lugar para comprar.

 

Porém, é importante destacar que cada empresa possui um tipo de estoque

 

mínimo único.

 

Pois se for no varejo,é primordial estocar os produtos para que seus clientes o tenham de

 

forma imediata, enquanto na indústria,há mais preocupação com a produção de itens e

 

eles têm mais atenção com a matéria prima e insumos.

 

Saiba como calcular o estoque mínimo

 

Há duas maneiras de encontrar o estoque mínimo por meio dessas fórmulas:

 

Estoque mínimo =  consumo médio diário x reposição

Consumo médio diário = vendas dos produtos  em um período / dias deste período

 

O estoque mínimo é bem fácil de calcular,pois você só precisa saber a quantidade

de produtos vendidos no mês e quantos dias demoram para receber

os itens do fornecedor.

 

Veja a seguir um exemplo:

Uma empresa  tem um consumo médio de vendas diário de 5 itens, e o  fornecedor

demora 1 semana para entregar o produto. 

 

Ex : 5 (consumo diário médio de vendas )x 7(reposição) = 35 itens (estoque mínimo

semanal)

Então esse estabelecimento  precisa de 35 unidades  para uma semana, tendo assim

o seu estoque mínimo de produtos.

 

Já o cálculo do consumo médio, você precisa ter o registro de suas vendas de

acordo com os meses anteriores.Para saber muito bem a quantidade de produtos

com o objetivo de fazer a reposição.

 

Continuando com empreendimento anterior, um  produto teve o consumo de 140

unidades em um mês.

Consequentemente, a média de consumo seriam de 4,6 unidades diárias cerca

de 5 itens (140/30).

 

Se o período para repor for de 15 dias,o estoque mínimo deverá ser de  69 unidades.

Pois seriam as 4,6 unidades diárias multiplicadas por 15 dias (4,6x 15).

Isso significa que aproximando das 69 unidades consumidas, a empresa precisa solicitar

um novo pedido ao fornecedor, para não ter problemas de estoque e

reposição do produto.

Como o produto vem em forma de atacado, peça uma quantidade a mais para arredondar

o seu pedido para o fornecedor.

 

Por isso, é imprescindível atualizar o estoque da empresa para não correr o risco de ser

pego de surpresa,na hora de ver se o produto está disponível ou não.

 

Para que isso não ocorra, é importante ter um estoque de segurança, a fim de garantir

um pouco mais de estoque para as suas vendas. Esse tipo de estoque precisa ser maior,

pois pode ocorrer que a distância sua e do seu fornecedor seja grande ou o fornecedor

tenha  problemas na hora da entrega.

 

  Continuando com o exemplo anterior,para evitar a falta de produtos no depósito,

 a margem de estoque de segurança da empresa  foi de 12%. Já tendo as  60 unidades

mais os 12 %, ficarão 67 produtos (60+12%=67). Serão 7 unidades a mais

para o estoque de segurança.

 

O empreendimento percebeu que com essa margem de segurança,

poderia vender melhor.

Mas essa porcentagem é fictícia,pois somente você e a sua empresa

devem saber qual é a real margem de segurança.

 

Saiba os efeitos de não monitorar seu estoque mínimo

 

 

Ocorrem  grandes problemas quando não há o controle de estoque mínimo

 

na sua empresa. Um exemplo seria quando o seu produto está em falta no seu

 

estoque e o cliente te pergunta sobre o item, mas você não tem no momento.

 

Logo, o consumidor procura em outro estabelecimento que tenha o mesmo produto.

 

Outro caso que acontece frequentemente, é quando há venda de kits de produtos e

 

com a falta de um item,o cliente acaba comprando de outro estabelecimento.

 

Por isso é importante fazer o gerenciamento de estoque,

 

para não ocorrerem essas situações constrangedoras em sua empresa.



 

O que é estoque máximo?

 

O estoque máximo tem o objetivo de evitar desperdícios em relação

ao excesso de estoque.

Ele é o contrário do estoque mínimo que tem a função de não comprar

mais que o necessário,para evitar o estoque parado.

Há uma fórmula para calcular o estoque máximo:

 

Estoque máximo= estoque mínimo + lote de reposição.

 

O lote de reposição é a quantidade de materiais para serem compradas 

em cada reposição de estoque, em que o seu custo de compra total

e de estocagem sejam mínimos.

Esclarecendo melhor, se o estoque mínimo é de 60 unidades e o lote de 

reposição for de 20 unidades, então ficarão 80 itens para o estoque máximo.

 

 

Qual é a razão de ter um sistema de controle de estoque?

Saber controlar um estoque não é uma tarefa fácil, mas ter um sistema facilita no

momento de conferir se os produtos estão disponíveis ou se precisa fazer a reposição

dos mesmos. Se a empresa falhar com a gestão de estoques, não gerará lucros.

 

Se a empresa tiver estoques muito grandes e mal administrados, isso aumentará o valor

de seus produtos e não conseguirá vender de maneira precisa.

 

Pensando nisso, a Harsoft tem o sistema ideal para o seu negócio. É o Gerente Status.

Ele  atualiza a todo momento sobre a entrada e saída dos seus produtos,

falta dele no estoque e o quanto de itens você precisa comprar no dia.

É um sistema completo e rápido de gestão empresarial.

Se você quer saber mais sobre estoque, clique aqui.

 

Referências:

Canal Prática Logística:

https://www.youtube.com/watch?v=nNKLtkZxq1o

https://www.youtube.com/watch?v=XBX599atH0A

Gestão de Estoque pelo Método Máximo e Mínimo:

http://revista.facfama.edu.br/index.php/ROS/article/view/269/220+&cd=1&h...